CHANGA - Guia prático



Fonte: Guide to DMT Enhanced Leaf  / DMT - Guia de bolso

Traduzido e adaptado: Equipe DMT Brasil
__________________________________________

Quando infuso com algumas ervas em particular, o DMT invoca uma experiência quase completamente diferente. Profundamente carregada eletricamente, cores e sensações atravessam você como uma faca quente na manteiga. As ervas trazem mais para a experiência do que você consegue imaginar possível. É tão simples de romper as barreiras, tão simples de usar e simplesmente incrível! Resumindo, qualquer pessoa que se considere um entusiasta do DMT precisa experimentar esse método pelo menos uma vez; com toda a honestidade que é a única maneira de voar. 

Algumas sugestões de ervas possíveis:

Ipê / Pau d'arco (Tabebuia sp.): ricas e exuberantes paisagens prazerosas
Lótus azul/branca/rosa (Nymphaea caerulae): um caráter luminoso e distintamente agradável
Erva-dos-sonhos (Calea zacatechichi): a erva dos sonhos é perfeita para uma sinergia
Flor de maracujá (Passiflora sp.): contém IMAO que potencializa e prolonga da experiência
Cipó Mariri (Banisteriopsis caapi): adiciona uma qualidade espiritual e potencializa e prolonga a experiência
Damiana (Turnera diffusa): sabor e vibração únicos
Flores de trombeta (Brugmansia sp.): caráter distinto de outro mundo
Raiz africana dos sonhos (Silene capensis): aumentar a lucidez as visões
Hortelã-pimenta / Hortelã-do-campo (Mentha piperita / Mentha arvensis): adiciona qualidades refrescantes e calmantes
Mullein (Verbascum thapsus): cura respiratória e propriedades calmantes
Sinicuichi (Heimia salicifolia): aumenta as alucinações auditivas
Chambá (Justicia pectoralis): sabor suave e cheiro agradável
Sálvia (Salvia divinorum): atua como uma abridora e uma facilitadora
Chaliponga (Diplopterys cabrerana): adiciona uma qualidade espiritual e mais magia
Mugwort (Artemisia sp.): sinergia sonhadora e poderes místicos
Indian Warrior (Pedicularis densiflora): efeitos psicoativos sedativos
Skullcap (Scutellaria lateriflora): fortalecedora, calmante e sedativa do sistema nervoso
Lion's tail (Leonotis leonurus): erva eufórica


Miscelâneas:

Calêndula (Calendula officinalis)
Pituri (Duboisia hopwoodii)
Lavanda (Lavandula angustifolia / Lavandula dentata) 

Salvia Branca (Salvia apiana)


Aditivos:

5-MeO-DMT
Extrato de Harmala
Bufotenina


Blends:

Ayahuasca Android: 70% Caapi + 30% Chaliponga
Dream Scape: 60% Erva-dos-sonhos + 40% Flores de Trombeta
Electric Sheep: 50% Lótus-azul + 50% Erva-dos-sonhos
Minty Blast: 40% Caapi + 35% Hortelã + 25% Mullein
The Mekong: 50% Flor de Maracujá + 50% Lótus-azul
Twisted Fruit: 50% Caapi + 20% Salvia + 30% Mugwort (+ opcional de Bufotenina)


Tradicionalmente, o Changa é uma mistura, um blend de ervas em combinação com alguma planta que contenha IMAO, tipicamente o cipó Banisteriopsis Caapi. No entanto, você não precisa procurar quais ervas vão se misturar melhor ou se preocupar com as proporções entre elas. Para começar, simplesmente pegue uma das ervas da lista acima e use-a como o único ingrediente para preparar o Changa, isso vai lhe dar a certeza e uma maior compreensão dos efeitos de cada folha e é o meu método preferido. Posteriormente você vai querer experimentar e então poderá misturar e combinar as ervas que você gostou mais ou testar algum dos blends sugeridos.

Uma coisa importante a se lembrar quando for fumar o Changa é certificar-se de que vai puxar devagar para ele queimar realmente bem, a idéia central aqui é o calor que por sua vez irá liberar todo o DMT - segurando como de costume por aproximadamente 10-20 segundos. Se você fumar muito rápido não irá vaporizar todo o DMT, praticamente jogando fora seu trabalho duro, então faça valer a pena! Sem dúvida as minhas experiências mais fortes foram quando eu puxei a fumaça num ritmo de caracol, queimando cada pedacinho em potencial da folha. Ainda que isso seja em referência ao bong, também deve ser assumido quando for usar um cachimbo, no entanto, eu sinto que o bong é o único meio eficaz para uma experiência completa. Dependendo do tamanho, é claro, o bong aumenta muito a quantidade de fumaça que você consegue inalar de uma só vez, o que é importante, e torna a fumaça consideravelmente mais suave uma vez que é esfriada e reabastecida pela água.

Eu tenho achado que meia-dose para começar seguida de uma dose-cheia, após o pico dos efeitos, faz a dose-cheia ser muito mais fácil, rápida e melhor pois permite que a adrenalina e a aceleração inicial atribuída a meia-dose diminui antes de ir além, criando uma atmosfera mais relaxante e receptiva - para os usuários de primeira viagem também é bom para calcular e prever a potência da dose-cheia. Essencialmente, você já decolou da plataforma de lançamento mas na velocidade de cruzeiro, por isso, quando o turbo for ligado na potência máxima não é tanto como uma sacudida forte, é mais suave e nítido. Isso tornou-se habitual para mim uma vez que permite a experiência posterior de ser mais gratificante e minimiza em muito as chances de ser "muito em pouco tempo",  o que pode se tornar avassalador se não estiver preparado. No entanto, após a aceleração completa inicial ter ocorrido, eu ainda tenho que encontrar esse ponto do "muito em pouco tempo" e duvido que isso seja mesmo possível, enquanto existente na realidade do Changa.

Na minha experiência, a hora do dia e a iluminação tem desempenhado um papel central nos efeitos das diferentes ervas. Em grandes doses com folhas contendo IMAO não importa muito se é de dia ou de noite porque a potência imposta sobre você te rompe completamente da existência. Mas quando experimentando com as outras ervas, especificamente o Ipê, eu tenho achado a noite com uma iluminação bem fraca, escura, ambiente funcionando melhor. Por alguma razão a experiência só é ativada corretamente quando está escuro, se é feito durante o dia efeitos completamente diferentes são experimentados, tudo em referência aos olhos abertos. Ainda é agradável e diferente no seu sentido particular, especialmente se feito em lugar descoberto num dia ensolarado, mas para uma experiência completa é necessário um ambiente escuro. Normalmente ter uma luz indireta num quarto perto ou no corredor próximo ao lugar onde se está funciona bem. Caso contrário, com todas as luzes apagadas e apenas as velas acesas funciona com muito encanto!

Eu tenho achado o uso do bong como tendo um efeito substancial na experiência. Bongs muito grandes tendem a diluir muito a fumaça, mas geralmente são muito fáceis para usuários inexperientes. Um bong pequeno, de aproximadamente 10cm de altura, por sua vez lhe dará uma experiência muito forte e direta. A fumaça vai direto do cone do bong para seus pulmões com muito pouco ar para diluí-la, mas não é uma técnica definitiva para o sucesso e você vai precisar de pulmões largos para digeri-la - antes mesmo de meio cone você já tem uma boa quantidade de fumaça nos pulmões e até terminar tudo, as vezes sequer sem conseguir, você já não tem a menor idéia sobre qualquer coisa. A maioria das minhas experiências mais fortes foram usando um bong de altura pequena e eu percebi que há uma diferença nítida entre um bong grande e um pequeno.

Parte da razão pela qual o Changa é tão bom é devido ao fato de que é tão fácil de usar, o que significa que você não precisa estar completamente sóbrio para encher a próxima dose, mexendo com o cristal e etc. Não só isso, mas de alguma maneira usos sucessivos se tornam melhores e melhores sem desenvolvimento de tolerância (após 10 usos sucessivos diferenças sutis começam a aparecer), mesmo esperando pouco tempo como 5 minutos entre os usos. Ele apenas continua mais e mais enérgico, fazendo expedições extremamente longas. O Changa também se parece com as folhas naturais e você pode guardá-lo nas embalagens originais das ervas tornando-o extremamente anônimo e discreto, em comparação com carregar o cristal puro. O cheiro, o sabor e a sensação de fumar o Changa é uma experiência realmente agradável, você sente cada partícula de fumaça passar através da sua garganta preenchendo seus pulmões com um aroma atômico dourado aveludado - seu rosto se ilumina apenas com esse sentimento, quando a fumaça começa a fazer efeito.


Finalmente, quando estiver preparando o Changa uma coisa importante a se lembrar é de deixar a erva secar completamente antes de prová-la pois fumar acetona pode fazer você se sentir dolorosamente doente após poucos usos. Se você é impaciente como eu e não consegue esperar um dia extra ou dois antes da mistura ficar completamente seca, simplesmente queime a dose com um isqueiro no bong ou pipe antes de fumar e depois tire, se continuar queimando significa que ainda há acetona, apenas deixe terminar de queimar e deverá estar bom para decolar. Por último, se deseja utilizar o extrato de Harmala tenha certeza que é um produto muito puro. 


AVISO: utilizar Harmalas com ISRS's recreacionais/farmacêuticos ou estimulantes pode ser potencialmente perigoso.

Se você ainda não experienciou a beleza imponente, impressionante e brilhantemente mágica do Changa eu sugiro fortemente que você o faça.

Para aqueles que estão interessados em como fazer o Changa a receita a seguir foi retirada do DMT - Guia de bolso.


______________________________________

PREPARAÇÃO DO CHANGA

(PASSO 1) Há duas coisas a se considerar: a erva utilizada para a mistura (ver acima) e a potência da mistura. A proporção de DMT/Erva pode ter um impacto significativo na experiência. Primeiramente, a potência da folha implica a quantidade necessária a ser fumada para alcançar os efeitos completos. Fazer uma mistura muito fraca é indesejável pois você precisará fumar uma quantidade muito grande para chegar lá. Fazer uma mistura muito forte é bom para os experientes, mas difícil de dosar para os inexperientes. Além disso, quanto menos DMT tiver na mistura, a grande quantidade de erva que terá que ser fumada vai influenciar ainda mais na experiência. Algumas vezes isso é exatamente o que é desejado, algumas vezes não. Independente disso, uma experimentação cuidadosa é necessária para se achar o ponto agradável da mistura. 
Eu tenho achado a proporção 1:1 de DMT/Erva sendo muito forte para a maioria das pessoas e somente uma pequena quantidade é necessária para se decolar completamente (em relação a uma dose-cheia). 
Uma proporção 2:3 (2 partes de DMT puro / 3 partes de erva - pouco mais fraco do que 1:1) permite um pouco mais de perdão se se colocar uma dose-cheia, e permite que a erva tenha mais influência na experiência do que a proporção 1:1. 

Esta fórmula simples é utilizada para se determinar a quantidade de erva necessária para a proporção desejada: 

Q(erva) = Q(DMT) x P(erva) / P(DMT)

Onde: 
Q(erva) é a quantidade de erva ser utilizada.
Q(DMT) é a quantidade de DMT a ser utilizada.
P(erva) são as partes da erva a ser utilizada (na proporção)
P(DMT) são as partes de DMT a ser utilizada (na proporção)

Exemplo: vamos utilizar 5 gramas de DMT para fazer um Changa de proporção 2:3 (DMT/Erva)

Q(erva) = 5 x 3/2 = 7,5   -   Ou seja, é necessário utilizar 7,5g de folhas para se alcançar a proporção desejada.  



(PASSO 2) Pese a quantidade de folhas que você quer misturar com o DMT na proporção desejada, use a fórmula acima.

(PASSO 3) Utilizando a folha em pedaços pequenos, consistente com o fato de que vai ser fumada depois, torna a vida mais fácil. A foto é uma mistura de 4g de erva-dos-sonhos (Calea zacatechichi) + 3,5g de flores de trombeta (Brugmansia sanguinea).











(PASSO 4) Pese a quantidade de DMT necessária para misturar na proporção desejada.















(PASSO 5) Dissolva totalmente o DMT puro em
um dos solventes a seguir:

  • 100% Álcool Etílico
  • Acetona
  • Álcool Isopropílico
Utilize 40ml de solvente por grama de DMT.

Você vai precisar utilizar uma vasilha que permita que sua mistura fique de 5-10mm de altura.



(PASSO 6) Adicione as folhas à mistura do solvente com DMT e mexa como um redemoinho para que toda a folha se espalhe uniformemente pela vasilha.

Se precisar, adicione um pouco mais de solvente para que a mistura fique totalmente coberta.

Coloque a vasilha em um lugar que ela irá permanecer imperturbável por vários dias.

Neste exemplo, levou 4 dias para a Acetona evaporar totalmente e o Changa secar.


(PASSO 7)

Uma vez seco, o Changa pode ser pesado. Ele deve ser mais pesado devido a quantidade de DMT que foi adicionado à folha.









Bem, agora que você possui um bom Changa você pode ir mostrar aos seus amigos e familiares quão ocupado você esteve.

DMT é uma substância mágica e maravilhosa que todos deveriam saber sobre ela. 

Espero que em breve você vai perceber as mesmas coisas que eu.

Aproveite!


51 comentários:

  1. no lugar das flores de maracujá, posso usar as folhas?? e as sementes de arruda, podem ser usadas?? para ser fumadas.

    ResponderExcluir
  2. Sim as folhas de maracujá podem ser usadas, mas sabendo o maracujá como um IMAO é muito fraco e que as folhas podem ter uma fumaça muito áspera para ser fumada.
    Em relação as sementes de arruda o ideal é ingeri-las 30 minutos antes de fumar o DMT. Geralmente na dose de 2-3g de sementes.

    Equipe DMT

    ResponderExcluir
  3. A CHANGA PERDE ALGUNS EFEITOS DA DMT? PQ ACHO QUE SE PEGAR OS CRISTAIS E COLOCÁ-LOS DIRETOS À DMT OS EFEITOS SÃO MAIS FORTES, CREIO QUE COM O PROCEDIMENTO COM A ACETONA OS EFEITOS SÃO POUCO ATIVOS. ESTOU CERTO OU ERRADO??

    ResponderExcluir
  4. Esse raciocínio está errado pelo simples fato de que ao se adicionar a quantidade de DMT à quantidade de folhas o peso final é a soma dos dois, ou seja, não há perda nenhuma de DMT durante o processo de fazer o Changa. Se houver dúvidas na hora de utilizar, é só colocar uma quantidade maior de Changa.

    Equipe DMT

    ResponderExcluir
  5. olá, não consegui o etílico à 100%, no entanto encontrei etílico 92.8%, pode usar???

    ResponderExcluir
  6. Sim, apenas demorará mais para secar.

    Equipe DMT

    ResponderExcluir
  7. Dar certo fazer com Álcool 92.8% já fiz, mas a um problema, fica meio que molhada, as folhas, pois o resto da porcentagem é água e água demora a evaporar. Estou com um pouco da changa mais só que muito molhada, estou pensando em colocá-la no sol pra secar mais tenho medo do calor degradar o dmt , não vale a pena, dá uma procurada e ver se acha o etílico 100% ou então o isopropílico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A aparência das folhas é meio "molhada" mesmo, mas isso não significa que ainda há água. Pode fumar tranquilamente. Álcool P.A. (100%) é o melhor mas o 92,8% dá certo também.

      Equipe DMT

      Excluir
  8. Uma Duvida, como faz pra fumar a changa em um cachimbo? pode colocar a chama direto nas folhas? alguém pode me explicar .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, pode colocar a chama direto nas folhas, no entanto, não demore para tragar.

      Equipe DMT

      Excluir
  9. Boa noite...tenho muito respeito pela changa... faço o uso dela ha alguns anos... Mas pra algum tempo para ca tenho usado mais... é incrivel oque podemos aprender com ela... Oque acontece é que fiz o uso dela por 1 mes direto increvel e de um tempo para ca acho q aconteceu algo em relaçao eu e ela... nao estou tendo boas viagens eu adoro ela e respeito muito ela... mas de um tempo para ca parece que ela esta com raiva de mim... tem a ver oque estou falando? muito agradecido .... Espero uma resposta... muito agradecido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo(a), procure dar um tempo maior de intervalo entre as viagens e ritualizar mais o processo. Medite antes concentrando sua intenção no que você quer aprender e peça ao espírito do DMT que te acolha com amor e positividade. Prepare bem o ambiente, velas, incensos e pessoas sintonizadas aumentam a chance da experiência ser boa. As substâncias psicodélicas são entidades vivas que também gostam de ser tratadas com respeito. Boa sorte.

      Equipe DMT

      Excluir
    2. Muito obrigado!!! assim farei, como sempre fiz .. mas agora com intervalos maiores...

      Excluir
    3. A minha resposta vai para o anônimo que falou que a changa deve estar com raiva dele e que as últimas viagens não são boas.Fica o conselho:As viagens que tu tem depende do teu estado de espírito...se se sentir mal..ou até mesmo se sentir medo de ter uma viagem ruín antes de usar DMT isso vai atrair uma viagem ruín...dá um tempo longo....procure passar um tempo só relaxando teu espírito com Kratom....Kratom ajuda muito no estado de espírito da pessoa...a pessoa fica mais alegre...combate a ansiedade e o medo..a pessoa sente alegria e euforia...aí talvez estará preparado novamente para usar a changa

      Excluir
  10. Ao inves de usar os cristais de DMT posso usar o pó das cascas da raiz da Jurema Preta?

    ResponderExcluir
  11. Boa noite eu sou totalmente inexperiente no assunto e estou boiando em algumas coisas. Li todo documentário acima porém não entendi como consigo o DMT ou esses cristais de DMT e devo misturar com um inibidor de MAO porque? O uso só dele sozinho o que faz? Obrigado espero ajuda pra conseguir entrar nessa experiência.

    ResponderExcluir
  12. E necessrio fazer a extracao dos cristais da planta que contem o DMT?
    Ou posso pegar a planta que tem DMT e juntar com a planta que tem IMAO e fazer a mistura no alcool deixando repousar? vou obter o resultdo semelhante?

    ResponderExcluir
  13. banho maria para o alcool evaporar mais rapido, influencia no processo sera?

    ResponderExcluir
  14. Boa Noite, tudo bem amigos do DMT BRASIL??

    Fiz a extração e já testei com Lótus Azul e Mariri, todos em proporção 2/3 e ambos deram efeitos satisfatório.
    Já misturei os 2 no mesmo pipe e tbm achei maravilhoso.

    Só que, foram muitos efeitos visuais, mandalas em movimentos rápidos e até um pouco assustadores, que me causavam náuseas.

    Gostaria de saber se o Maracujá ou outra erva, alivia esse movimento rápido, afim de ter uma miração mais tranquila??

    Mas, estou na dúvida sobre o maracujá, e tudo que li, é a melhor erva a se misturar para termos um good trip.

    Só que você menciona FLOR DE MARACUJÁ, sendo que só encontrei folhas, e pesquisando, descobri que na folha possui mais teor do princípio ativo da planta.

    Será que posso usar a folha no blend??

    Penso em fazer como sua receita, 50/50 lótus e maracujá + DMT na proporção 3(erva)/2(DMT).

    Fico no aguardo de alguma dica ou experiência.

    Abraços,
    Bruno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara....não conhece kratom ainda? O teu trip depende do teu estado de espírito...uma dose rasa de kratom antes deixa a pessoa alegre e sem medo ou ansiedade...isso mudará teu estado de espírito e por consequência a viagem que vai fazer....se não sabe onde conseguir...o melhor kratom do Brasil.pois é puro..sem misturas e dura mais tempo você encontra na
      www.luxspirit.com.br
      Ná dúvida entra em contato com o cara pelo whats up...ele tira todas as dúvidas

      Excluir
  15. bom dia, gostaria de saber se é possível fazer extração com a chaliponga, se sim, como se faz? ou se é possível fazer um extrato fortificado com a mesma chaliponga e como se faz? algo que facilite fazer um incenso para uso!

    ResponderExcluir
  16. Posso usar acetona comum como o solvente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por ela ser colorida, solta algumas substancias a mais na sua changa, costumo derreter com banho maria mesmo o cristal e misturar no blend a gosma, ou evaporar com Isopropílico mesmo.

      Excluir
  17. Olá.. no fim do processo, quando a Changa estiver seca dentro do potinho.. os cristais "Grudam" nas ervas totalmente? ou teriamos que raspar o fundo to pote pra recolher o restante dos cristais igual no processo de extração ?? Agradeço por partilharem o conhecimento..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim a maioria, eu costumo raspar ainda assim quando retiro ela do recipiente, sempre ficam resquícios secos, só raspar e jogar junto a changa seca.

      Excluir
  18. Lucas Furlani, sabe me dizer qual o melhor processo de extração dmt para chaliponga? Agradeço as informações...

    ResponderExcluir
  19. O changa com ipê é usado as flores?

    ResponderExcluir
  20. Galera com o caapi (mariri)
    Se usa a folha ou o cipó pra fazer o Changa?

    ResponderExcluir
  21. A NAFTA eo alcool isop. São muito difíceis de encontrar,há substitutos para eles ou onde encontralos?

    ResponderExcluir
  22. A NAFTA eo alcool isop. São muito difíceis de encontrar,há substitutos para eles ou onde encontralos?

    ResponderExcluir
  23. Ola, estou com dúvidas sobre a dosagem.. uma changa com proporção 3/2 (3 de blends e 2 Dmt), quanto preciso fumar de changa pra chegar a 40mg de Dmt? Valeu e paz!

    ResponderExcluir
  24. 1gr de changa (2 dmt/3 blends) quantas doses dá?

    ResponderExcluir
  25. olá, nao intendi mt bem,pra fazer a 'mistura',preciso do dmt e de uma erva . mas como consigo o dmt ??

    ResponderExcluir
  26. n da pra fuma sem o dmt em cristal? se sim tem que fazer o metodo do alcool? dmt puro é caro e dificil de fazez, se tiver uma receita de dmt alguem consegue o link tentei fazer uns q tem na internet e n cristalizou direito. fiz a extracao acido base com nafta, n sei no q eu errei,

    ResponderExcluir
  27. Cara... Não há meio de fazer a changa mas sem usar o dmt em cristal? Usar as raízes la não lembro nome....

    ResponderExcluir
  28. olá, já fumei uma vez o MDT e queria saber como extraí lo da jurema, queria saber como eh o processo

    ResponderExcluir
  29. qual é a importância do recipiente com a Changa secando ficar impertubavel? porque eu acho que mexer nele e dar uma misturada pode ser bom pra evaporar nais rápido

    ResponderExcluir
  30. Boas,
    É necessário extrair o dmt primeiro e so depois adicionar as folhas á mistura acima mencionadas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é necessário que o dmt esteja extraido, você pode fazer direto pra base se for fazer tudo de changa, se não quiser usar solventes industriais faz ecotek, álcool, vinagre e bicarbonato de sódio, segue o link, no último passo ao invés de evaporar você joga o liquido em cima das folhas.
      alimentodosdeuses.com/extracao-mimosa (É a 2a extração desse link)

      Excluir
  31. Como consigo o DMT?

    ResponderExcluir
  32. Ola sei que o uso do cristal é em torno de 50mg puro, e no caso da changa como ficaria essa dosagem ?

    ResponderExcluir
  33. se eu usar só o caapi na mistura do dmt vai funcionar normalmente?

    ResponderExcluir
  34. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  35. Bom dia! ...preciso de uma ajuda urgente aqui
    Todas as ervas tem que ser secas? por exemplo, acabei de colher Lotus, maracujá e o Ipê, todos tem que deixar secar antes de começar a preparar a Changa, ou pode ser assim que forem colhidos?

    ResponderExcluir
  36. E mais uma pergunta, são as flores ou as folhas do ipê, trombeta e lotus? ..to nessa dúvida

    ResponderExcluir
  37. sou iniciante, vou usar changa pela primeira vez, gostaria de saber se posso fumar ela junto a cannabis, ou apenas a changa? e queria conselhos para a primeira viagem. O que é bom para preparar o corpo para receber essa erva!?

    ResponderExcluir
  38. excelente post! Alguém já usou artemísia no blend? eu costumo misturar com a cannabis por ter um sabor agradável e efeito calmante.
    Gratidão por compartilhar a informação. muito amor pra vcs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Usei artemísia na minha primeira changa, gostei de fumar como cigarro mas no bong não deu muito certo, não conseguia dar mais de uma tragada consecutiva pq a fumaça me fazia tossir muito. Entretanto seu cheiro, sabor e efeitos psicoativos por si só são bem legais.

      Excluir